Utilizamos cookies próprios e de terceiros para fins publicitários com o objetivo de melhorar a sua experiência como usuário. Se continua navegando, consideramos que você conhece as nossas Políticas de Cookies e que está de acordo com o seu uso.

Aceitar.
Saltar al contenido

Repsol é referência em segurança alimentar

  • Com a obtenção da certificação FSSC 22000 nos seus complexos de Sines e Puertollano, a Repsol torna-se o primeiro produtor de poliolefinas com esta certificação de segurança alimentar em todos os seus complexos industriais.

  • Esse marco consuma o compromisso que a empresa adquiriu com a cadeia de valor durante a "Conferência sobre Segurança Alimentar em Embalagens", realizada na sua sede corporativa em Madrid, no início de 2018.
Nota informativa
PDF 91 KB Descargar documento

A Repsol tornou-se o primeiro produtor de poliolefinas com a certificação FSSC 22000 em todas os seus complexos industriais, depois de obter esta certificação de segurança alimentar na sua produção de poliolefinas nos complexos de de Sines (Portugal) e Puertollano (Espanha). Este marco é adicionado ao alcançado em 2018, quando a Repsol obteve a primeira certificação FSSC 22000 concedida a um complexo de produção de poliolefinas em todo o mundo, para o Complexo Industrial de Tarragona. Para este fim, a Repsol implementou um sistema de gestão de segurança alimentar forte e eficaz que cumpre os requisitos dos reguladores, da indústria alimentar e dos consumidores finais. Esta é mais uma prova do compromisso da Repsol em fazer da segurança alimentar um objetivo prioritário no desenvolvimento dos seus produtos e garantir o fornecimento de produtos seguros para o consumidor final.


Rafael Jiménez, diretor da Unidade de Negócios das Poliolefinas, comentou: "A Repsol tem a visão de ser uma produtora de poliolefinas de referência em segurança alimentar". Além disso, a companhia está a desenvolver o projeto Naturep com o objetivo de ir além das exigências legais e de procurar a eliminação de aditivos com um limite de migração nas suas poliolefinas, para salvaguardar a segurança das pessoas e a sustentabilidade. "Com este projeto, a Repsol tem como objetivo cuidar da saúde do consumidor e, além disso, ajudar a eliminar as barreiras à reciclagem existentes em certas aplicações", disse Rafael Jiménez.


Tudo isto demonstra o compromisso e liderança em assuntos de segurança alimentar da Repsol e a experiência da companhia neste setor, que lhe permite adicionar valor e oferecer soluções avançadas e específicas aos seus clientes, ao consumidor final e ao ambiente.

Para mais informação:

REPSOL | 21 923 9700 

António Martins Victor | amvictor@repsol.com